Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida

PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO - PONTA GROSSA PR

Presença na Comunidade

TAMANHO DA FONTE:

INSTITUTO DAS APÓSTOLAS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Em 1961 foi criada a Paróquia São Sebastião (até então, capela pertencente à Paróquia São José), sendo nomeado pároco, Padre Carlos Zelesny.


Padre Carlos, o “velho guerreiro”, preocupou-se de imediato, com a falta de uma escola paroquial, conforme havia observado em suas andanças pela redondeza, nas centenas de crianças e adultos à margem de qualquer ensinamento e longe da luz do Evangelho.




Perseguindo seu ideal, alugou da Sra. Olívia Singer, com a autorização dos demais herdeiros, a CASA GRANDE da histórica CHÁCARA DONA MADALENA, em estado de total abandono, por meio de contrato de locação por cinco anos, para ali funcionar a Escola Paroquial, com fins filantrópicos. Após muito empenho, trabalho e lutas, o terreno foi aos poucos sendo adquirido. Em convênio firmado com o Governo do Estado em 16/02/1962, constitui-se o corpo docente que atuaria junto às crianças.


No dia 20 de janeiro 1962 – festa de São Sebastião, patrono da Paróquia – deu-se início às matrículas. No dia 16 de fevereiro de 1962, festivamente é inaugurado o COLÉGIO SÃO SEBASTIÃO, com a presença de grande parte da população do bairro de Nova Rússia e autoridades que ajudaram o Padre Carlos a concretizar esse sonho. As aulas tiveram início no dia 19 de fevereiro com aproximadamente 900 alunos.


Com a luta de seu fundador e o empenho da comunidade, as salas de madeira iam sendo aumentadas, em formato de longos barracões, em meio a exuberantes eucaliptos.


Após um ano de funcionamento, 1963, as Irmãs Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus, a pedido de Padre Carlos, assumiram a administração da Escola, fazendo florescer na cidade princesinha o Carisma de Madre Clélia: tornar o Coração de Jesus conhecido e amado. A chegada oficial das Irmãs Apóstolas deu-se em 04 de agosto de 1963. Nessa data Irmã Carmelina Mazzaroto assume a direção da Escola, formando comunidade com Ir.Lea Silva , Ir. Lídia Mortari, Ir. Zélia Concli e Ir. Valéria Rossi.


Em 1971, a Cruzada São Sebastião transferiu o patrimônio da Escola para o Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus. As Irmãs iniciaram a ampliação do prédio e as novas instalações foram inauguradas em junho de 1974.


Em 1990, já como patrimônio e administração do Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus, passou a se denominar Escola Sagrado Coração de Jesus. Nome este que identifica o Carisma e Espiritualidade legados à Serva de Deus – Madre Clélia Merloni.


Nos primórdios do Novo Milênio (2001), deu-se a abertura do Ensino Médio, completando-se assim, a oferta da Educação Básica na Instituição.


No dia 17 de abril de 2004, foi ampliado, adequando espaços particularmente para Educação Infantil e Ensino Médio.


O Colégio, desde a sua fundação, atende a uma população que traz características diversificadas quanto à cultura, etnia e recursos econômicos. O Bairro Nova Rússia apresenta, hoje, um desenvolvimento significativo, com uma infraestrutura capaz de atender às necessidades sociais, religiosas, comerciais e industriais. Neste contexto, o Colégio Sagrado Coração de Jesus, em seus 50 anos de existência, vem alargando sua área de atuação, disponibilizando espaços, desenvolvendo projetos, firmando parcerias com os vários segmentos da comunidade ponta - grossense, contribuindo para a construção de um mundo melhor, por meio de uma “educação que passa pelo coração”.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

INSTITUTO DAS APÓSTOLAS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL PADRE CARLOS ZELESNY

O Centro de Educação Infantil Padre Carlos Zelesny foi fundado no dia 14 de dezembro de 1991. Possui esse nome em honra ao Padre benfeitor que há tempos remotos pertencia à Paróquia São Sebastião localizada no mesmo bairro da instituição. Originariamente era mantida pela Paróquia São Sebastião, que sensibilizada pela situação de crianças e adolescentes vivendo precariamente em favelas (Vila Hilgemberg e Vila Cristina), envolvidos na mendicância infanto-juvenil, entendeu que é dever da família, da comunidade em geral e do Poder Público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária (ECA, 1990, art. 4º).


Em 1987, a Campanha da fraternidade tinha como tema O MENOR ABANDONADO e seu lema era: “QUEM ACOLHE O MENOR, A MIM ACOLHE”. A triste realidade de milhões de menores abandonados, vista a luz do evangelho, questionou profundamente a comunidade da Paróquia São Sebastião. Em vista disso, como consta no livro Tombo da Paróquia, página 18 “No dia 19 de março de 1987, a diretoria da matriz convidou toda a comunidade para uma reflexão muito importante: O que a nossa paróquia pode fazer pelo menor? As pessoas presentes na reunião decidiram que o dinheiro da festa do padroeiro, fosse empregado na construção de uma CRECHE em vez da construção do salão de festa da paróquia”.


Foi buscando intervir na realidade de extrema precariedade familiar em que as crianças se encontravam expostas, que o Conselho Pastoral Paroquial da Igreja São Sebastião concretizou o ato de construir na região um Centro de Educação Infantil, tendo como mantenedora a Cruzada são Sebastião.


A instituição nasceu com o objetivo facilitar aos pais o acesso ao trabalho, atendia integralmente 60 crianças com idade de 7 meses a 6 anos, oferecia além do suprimento das necessidades básicas de alimentação, assistência higiênica, esporte, lazer, também a formação humana e espiritual, a qual era realizada por cinco funcionárias e um grupo de cinco Religiosas do Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus, que chegaram ao local no dia 01 de fevereiro de 1992.


Em 1º de abril de 2008, o Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus, através do Centro Integrado de Educação Sagrado Coração – CIESC assume o Centro de Educação Infantil, como escola confessional católica.


A partir do dia 10 de março de 2011, sela decididamente o caminho Educacional das Apóstolas. É dia ímpar: 150º aniversário de nascimento de Clélia Merloni e lançamento solene e oficial da marca que unirá o Brasil e o Cone Sul em seus caminhos educacionais, acontece o descerramento da placa que marca o início de novo capítulo na história da educação escrita pelas religiosas e educadores das escolas mantidas pelas Apóstolas em terras brasileiras e latino-americanas. SAGRADO – Rede de Educação é a marca que sublinha a importância “sagrada” da educação na vida das crianças, adolescentes e jovens. É a marca que assinala quão audazes são aqueles que confiam no Coração de Jesus e a Ele confiam seu apostolado!


Por ser uma instituição Filantrópica, o Centro de Educação Infantil, se mantém com recursos oriundos do próprio Instituto, campanhas beneficentes, doações esporádicas da comunidade em geral e outras entidades.






PATROCINADORES / APOIO Rodoponta Primotos multimarcas Nunes usinagem industrial

EXPEDIENTE:

Coordenação Geral - Reitor do Santuário - Pe Sandro Maciel Cândido Ferreira
Planejamento e criação - Antonio Ribas
Administração de Conteúdo - Equipe da Pastoral do Santuário
Secretária - Margarete Cândido Ferreira

Contatos:

(42) 3227-1013

atendimento@santuariopg.com.br